Menu

Parceria

;

domingo, 17 de maio de 2009

Claudia Leitte vai manter ritmo de shows: 'Já pensava tudo de acordo com o Davi'


A cantora também não está com pressa para batizar o filho

Claudia Leitte não vai diminuir sua rotina de trabalho. A cantora, que adiou os shows que tinha neste e no último fim de semana, não pretende diminuir o número de shows que vem fazendo desde que deu à luz Davi, em Janeiro. E no dia 21 deste mês, volta ao batente com força total, cantando em Jaguariúna, no interior de São Paulo.

"Claudia Leitte agradece a todos pelo carinho e compreensão, mas o pior já passou e é hora de voltar ao trabalho. Ela retoma sua agenda de shows na próxima quinta-feira, dia 21 de maio, com show na cidade de Jaguariúna, interior de São Paulo, e reforça que todos os shows agendados estão confirmados. A musa segue no dia 23 para Pato de Minas e, no dia 24, para Nova Serrana, também em Minas Gerais. Dia 26, a loura é presença garantida no show 'Elas Cantam Roberto - Divas', em homenagem aos 50 anos de carreira do Rei, no Teatro Municipal, em São Paulo. Dia 29, vai para Goiânia e dia 30, canta em Fortaleza, no Ceará", informou um comunicado da assessoria da loira nesta quarta-feira, 13.

Cuidados serão mantidos

Nesta terça-feira, 12, quando
deu uma coletiva de imprensa antes de deixar o hospital Copa D'or, na Zona Sul do Rio, ao ser perguntada se mudaria seu ritmo de trabalho por causa do filho, Claudinha já havia declarado que não, porque todos os seus compromissos são pensados de acordo com ele: "Não vou mudar minha rotina de trabalho. Já faço minha agenda de shows pensando no bem-estar dele. É tudo pensado em torno do Davi".

Procurado pelo EGO para confirmar se a declaração da cantora continuava de pé, o assessor dela endossou o que Claudia havia dito e garantiu que não haverá aumento de cachê como noticiado por um jornal carioca. "Essa informação não procede. Ela vai manter o ritmo normal e o cachê continua o mesmo".

Batismo

Sobre o batizado do menino, Claudinha também revelou que não tem pressa para fazer a cerimônia e disse que os boatos de que ela só teria decidido batizá-lo após a doença são falsos. "Eu não tenho religião, mas sou muito apegada a Deus e estudo teologia. Vou batizá-lo, mas não por causa disso. Minha crença é baseada no cristianismo e eu quero que o meu filho cresça acreditando em Jesus. Não vou batizar ele quando sair daqui, não fiz promessa. Vai acontecer no momento certo", destacou a cantora durante a coletiva.

Nenhum comentário: